voltar ao início
Iniciativas

Pesquisa por tipo



Acções Comunitárias
Acções de Cooperação
Apresentações/Lançamentos
Conferências e Seminários
Conteúdos de Cidadania na Internet
Divulgação Cultural
Edições
Exposições
Formação
Internet
Organização de Conteúdos
Prémio FMS
Protocolos
Formação: História Contemporânea
CHC
Edições: Cadernos Democráticos
Edições: CDROM
Formação: Cidadania
Edição: Documentos
Inaugurações
Organização de Conteúdos: dossiers
Actividades Editoriais
Dossiers na Internet
Edições: Catálogos
HOPE

000419

Imprensa CM-LP (Comité Marxista-Leninista Português)

4-5-2004
000419

CD-ROM. Em Dezembro de 1963, o Comité Central do Partido Comunista Português decidiu expulsar desse órgão Francisco Martins Rodrigues (que utilizava o pseudónimo Campos). Consumou-se aí uma significativa cisão no PCP, de que resultaria, no ano seguinte, a formação da Frente de Acção Popular (FAP) e do Comité Marxista-Leninista Português (CM-LP). Reunimos, precisamente, neste CD-ROM alguns documentos e números de Revolução Popular e Acção Popular, editados pelo CM-LP entre 1964 a 1966. Entendemos ainda publicar neste CD-ROM exemplares de O Novo Militante, Estrela Vermelha e Unidade Popular, que foram editados, a partir de finais de 1968, também em nome do Comité Marxista-Leninista Português e, quanto àquele último título, em nome do Partido Comunista de Portugal (Marxista-Leninista) a partir de Agosto de 1971. Não nos compete interpretar estes documentos, nem analisar as respectivas orientações políticas, importando, isso sim, a sua disponibilização simplificada à consulta dos investigadores e interessados.

000418

Luta Popular

31-4-2004
000418

CD-ROM. O Luta Popular, órgão de massas do MRPP - Movimento Reorganizativo do Partido do Proletariado - editou o seu primeiro número em Fevereiro de 1971. O Luta Popular, cujos números clandestinos se reproduzem neste CD-ROM, prosseguiu a sua publicação após 25 de Abril de 1974, mantendo edições diárias e semanais e assumindo-se como "um agitador, propagandista, educador e organizador colectivo", como "uma arma de unidade, de luta e de vitória". Em Dezembro de 1970, logo após a fundação do MRPP, foi dado à estampa o nº1 do Bandeira Vermelha - órgão teórico central do Movimento Reorganizativo do Partido do Proletariado, que não conheceria outras edições. Publicamo-lo também neste CD-ROM, na versão reeditada em Setembro de 1974 por simpatizantes do MRPP da Figueira da Foz. Neste CD-ROM incluímos ainda a colecção clandestina do Resistência, órgão da Resistência Popular Anti-Colonial (RPA-C), organização dos soldados e marinheiros revolucionários, cujo n.º 1 data de Agosto de 1971.

000417

Censura e Apreensão de Livros

31-5-2004
000417

CD-ROM. Francisco Lyon de Castro, recentemente falecido, entregou no Arquivo & Biblioteca da Fundação Mário Soares, para digitalização, alguns documentos de enorme relevância, relacionados com a censura e apreensão de livros. Reunimos neste CD-ROM, editado em sua homenagem, numerosos autos de busca e apreensão realizados pela PIDE/DGS e a PSP junto de editores e livreiros e, também, nos CTT, que exibem de modo muito claro a verdadeira natureza da política do espírito levada a cabo pelo regime de Oliveira Salazar e Marcelo Caetano. A esses documentos, acresce ainda uma significativa correspondência trocada entre Francisco Lyon de Castro e diversas entidades, a propósito das apreensões de livros de que era vítima a sua editora, as Publicações Europa-América, correspondência que ajuda também a compreender a realidade da censura e da apreensão de livros. Mantivemos a organização que o próprio Francisco Lyon de Castro deu aos documentos e à correspondência e que corresponde largamente à gestão que na Europa-América, se fazia da situação criada pela apreensão das suas edições. Com mais este CD-ROM de fontes documentais, a Fundação Mário Soares espera continuar a contribuir para o melhor conhecimento e estudo da nossa História Contemporânea.

000414

Um Olhar Para a Memória: novas fotografias do 25 de Abril de 1974

24-4-2004: 22,30Museu Arqueológico do Carmo (ruínas do Convento do Carmo)
000414

CD-ROM. Um Olhar Para a Memória: novas fotografias do 25 de Abril de 1974. Exposição de Fotografias de Varela Gomes. Organizada em Colaboração com a Associação Portuguesa dos Arqueólogos. Todos os dias, excepto Domingos, das 10.00 às 18.00

000413

Portugal Socialista (Maio de 1967 - Dezembro de 1973)

12-5-2004
000413

CD-ROM. Editado em Itália, com artigos de circunstância, vindos algumas vezes do interior de Portugal e assinados com pseudónimos, o "Portugal Socialista" foi um elo de unificação entre os diversos socialistas dispersos pelo mundo, no exílio, e uma chama de resistência, que chegava a Portugal, como um grito de revolta e um chamamento de esperança, pelos caminhos ínvios que a clandestinidade aconselhava, enviado pelo correio de diferentes partes do mundo, com disfarces vários ou trazidos em malas de turistas, recorrendo à solidariedade anónima de militantes dos partidos socialistas e sociais-democratas europeus. Em vão se buscarão na colecção que agora se reedita análises políticas densas ou estudos teóricos com alguma profundidade sobre a realidade portuguesa ou sobre o movimento socialista internacional. Em compensação, o comentário oportuno a situações muito concretas do nosso "país ocupado", e denúncia firme de arbitrariedades, violências ou escândalos do regime Salazar-caetanista, a resposta ou a crítica a acções ou palavras dos responsáveis do Governo de então, a par das notícias do mundo ignorado e mesmo secreto da Resistência, tudo isso abunda nas páginas do "Portugal Socialista" que informa a substância mesma - e o interesse - do jornal.

000412

Timor-Leste: "O Sonho do Crocodilo" e "A Resistência Timorense"

20-5-2004Distribuído com a Revista Visão
000412

CD-ROM. No 2º Aniversário da independência de Timor-Leste, A Fundação Mário Soares, A Fado Filmes e a Visão editam um DVD e Um CD-ROM, em embalagem dupla, contendo o documentário "Timor-Leste, O Sonho do Crocodilo", de Diana Andringa, e um colecção de documentos, sons e fotografias essenciais da "Resistência Timorense", que inclui uma entrevista com Xanana Gusmão e integra algumas das reportagens mais relevantes publicadas na Visão desde a sua fundação, nomeadamente os dois especiais (Setembro de 1999 e Maio de 2002)

000376

República Censurada (1932-1970)

16-1-2004
000376

CD-ROM. Continuando a divulgação em CD-Rom de fontes para a História Contemporânea, a Fundação Mário Soares decidiu editar um conjunto de cerca de 500 textos do jornal República "cortados" ou "suspensos" pela censura. Trata-se de uma colecção única que, na sua diversidade e pelo período temporal que cobre (1932-1970), ilustra bem a fúria censória do regime de António Oliveira Salazar e de Marcelo Caetano e suas principais obsessões. Esta colecção foi depositada na Fundação Mário Soares por Sérgio Carvalhão Duarte e corresponde aos cortes de censura reunidos por seu Pai, Jaime Carvalhão Duarte, que dirigiu aquele jornal. Para melhor ilustrar alguns outros aspectos da actividade da censura, publicamos também neste CD-ROM alguns outros cortes de censura da Revista O Tempo e o Modo, dirigida por João Bénard da Costa, e do Diário de Lisboa (Documentos Ruella Ramos). Estamos certos de que o leitor assim melhor poderá ficar a conhecer a acção concreta da censura sobre a imprensa.

000373

Blufo: orgão dos pioneiros do PAIGC

29-10-2003
000373

CD-ROM. A Escola-Piloto, localizada em Conakry, foi criada na sequência do I Congresso do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), realizado no interior da Guiné-Bissau, em Cassacá, de 13 a 17 de Fevereiro de 1964. Os seus primeiros alunos foram, precisamente, muitas das crianças que aí tinham acorrido, acompanhando os dirigentes das diferentes regiões e que, de acordo com as orientações de Amílcar Cabral, foram levadas para Conakry, a fim de aí poderem receber instrução. Luís Cabral foi o principal impulsionador da criação do Blufo, orgão dos pioneiros do PAIGC - o que lhe advinha das suas responsabilidades no Secretariado Permanente do Conselho Executivo da Luta em matéria de informação e propaganda. O CD-ROM que o Arquivo & Biblioteca da Fundação Mário Soares agora publica permite o acesso à série completa do jornal Blufo, disponibilizada por Luís Cabral, e ainda a alguns sons e imagens

000368

Diário de Lisboa: Desenhos e Caricaturas (1921-1926)

2-10-2003
000368

CD-ROM. O Diário de Lisboa, que se publicou entre 1921 e 1990, foi, sem dúvida, um dos jornais de referência do Século XX português. A Fundação Mário Soares recebeu da Família Ruella Ramos a colecção desse jornal, tendo decidido proceder à sua digitalização integral, de modo a poder colocá-la à consulta pública em suporte electrónico. A Fundação Mário Soares preparou um CD-ROM contendo todos os cerca de 1750 desenhos e caricaturas publicados pelo Diário de Lisboa desde 1921 até à instauração da censura, em 1926 e que reúne obras de alguns dos artistas mais marcantes dessa época, como Amédeo Modigliani, Amadeo de Souza Cardoso, Bernardo Marques, Eduardo Faria, Eduardo Malta, Francisco Valença, Jean Cocteau, Jorge Barradas, José de Almada Negreiros, Leitão de Barros, Mário Eloy ou Stuart Carvalhaes.

000364

"Que Constituição para a União Europeia" de Guilherme d'Oliveira Martins

26-11-2003: 18,00Auditório da Fundação Mário Soares
000364

Lançamento e Apresentação do livro "Que Constituição para a União Europeia" de Guilherme d'Oliveira Martins. Apresentado por Mário Soares

Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt