voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Cronologia


[registo específico]
quinta-feira, 9 de Junho de 1921PCP sobre as eleições

040509


Em entrevista ao Diário de Lisboa, Manuel Ribeiro, dirigente do recém-formado Partido Comunista Português, afirmando que o partido defende a "conquista do poder político e ditadura do proletariado até à reforma completa da sociedade", define a abstenção às eleições "até à resolução do primeiro congresso". E justifica: "O partido comunista é uma organização que acaba de formar-se e em cujo seio se debate ainda a questão melindrosa – mais questão de princípio do que de conveniência táctica – da ida ou não ao Parlamento. Admira-se? É que a génese deste partido deu-se um pouco fora das normas usuais. Entre nós, foi uma maioria de libertários e sindicalistas, abstencionistas, como sabe, que lançou a ideia do partido: lá fora, os partidos comunistas resultaram de cisões abertas na massa dos partidos socialistas e em que o pomo de discórdia foi menos uma questão de princípios do que a adesão à Internacional de Moscovo (a III Internacional)."

ano: 1921 | tema: Movimento Operário e Social/Vida Política
palavras-chave: PCP Manuel Ribeiro 

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt