voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Cronologia


[registo específico]
Sexta-feira, 6 de Abril de 1962É restabelecido o luto académico em Lisboa e Coimbra

039018


O Dia do Estudante é novamente proibido por decisão governamental. Marcelo Caetano demite-se do cargo de Reitor da Universidade Clássica de Lisboa. O luto académico em Lisboa e Coimbra é retomado (dia 6). A agitação estudantil e a repressão policial continuam durante todo o mês de Abril. Dia 7, concentração de estudantes no Estado Universitário. A manifestação segue até ao Campo de Santana. Dia 9, o Senado da Universidade de Coimbra levanta processos disciplinares à Direcção da Associação Académica de Coimbra, na sequência do pedido de demissão do Reitor aprovado em Assembleia Magna. Dia 10, o luto académico é suspenso. Correia de Oliveira recebe os dirigentes estudantis. Dia 12, plenário de estudantes no Estádio Universitário. Perante insucesso diligências junto do Ministro de Estado, o luto académico é retomado. Dia 13, Ministério da Educação Nacional anuncia suspensão das direcções das Associações de Estudantes. Dia 30, o plenário dos estudantes decide entregar às autoridades universitárias a iniciativa da resolução dos problemas que inviabilizam o restabelecimento da normalidade da vida escolar.

ano: 1962 | tema: Lutas estudantis
palavras-chave: Luto académico Lisboa Coimbra 

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | arquivo@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt