voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Biografias



Francisco Eusébio Lourenço Leão (1878-1921)

31

Francisco Eusébio Lourenço Leão (1878-1921)
Nasceu a 2 de Fevereiro de 1864 em Degrácias Cimeira, Gavião, Portalegre, filho de lavradores remediados. Formou-se na Escola Médica-Cirúrgica de Lisboa em 1890, cedo aderindo ao ideário republicano. Reagindo ao Ultimatum, integrou a comissão da Grande Subscrição Nacional, destinada à aquisição e modernização dos meios bélicos de defesa e foi um dos fundadores do jornal Pátria. Exerceu clínica como médico municipal na sua terra natal até 1895, seguindo depois para o estrangeiro, onde se especializou em urologia em Paris e Berlim.Iniciado na Maçonaria em 1893 num triângulo a constituir em Portalegre, regularizou-se em 1895 na loja Elias Garcia e, em 1911, na loja José Estevão, de Lisboa. Regressado a Lisboa, onde exerceu clínica, colaborou em numerosas publicações e participou activamente nas actividades de propaganda republicana, sendo eleito, em 1909, secretário do Directório do Partido Republicano Português. No dia 5 de Outubro de 1910, da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa, cerca das 9 da manhã, Eusébio Leão declarou «abolida a Monarquia em Portugal e todos os seus domínios e proclamada a República Portuguesa», cuja divisa seria «Ordem e Trabalho». Seguidamente, Inocêncio Camacho, leu os nomes dos membros do Governo Provisório e José Relvas apelou ao povo para «cooperar eficazmente na obra de reconstrução nacional», sendo arvorada a «bandeira vermelha e verde, cores da bandeira sob a qual combateram os revolucionários.» Nomeado de imediato governador civil de Lisboa, será eleito, em 1911, deputado à Assembleia Nacional Constituinte pelo círculo de Portalegre, integrando depois o Senado. Com a cisão do Partido Republicano, apoiou a União Republicana de Brito Camacho. Em Fevereiro de 1912 foi nomeado embaixador em Roma, mantendo-se nesse posto até Outubro de 1926. Morreu em Lisboa a 21 de Novembro de 1926.

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | arquivo@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt