voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Biografias



António Nobre (1867-1900)

11

António Nobre (1867-1900)
Nasceu no Porto, na freguesia de Santo Ildefonso, a 16 de Agosto de 1867. Completou o ensino preparatório na cidade onde nasceu e em 1888 ingressou na Faculdade de Direito de Coimbra. As duas reprovações sucessivas no 1º ano determinaram, em 1890, a sua ida para Paris, onde frequentou a Escola Livre de Ciências Políticas e a Faculdade de Direito, nesta se licenciando em 1895. Regressando a Portugal com uma pneumonia em estado avançado, fez concurso para a diplomacia, em cujo concurso foi admitido, embora a sua saúde, profundamente abalada, tivesse tornado impossível a sua nomeação para cônsul em Pretória. Colaborou em jornais brasileiros para fazer face à dificuldades financeiras. Autor de poesia filiada no"simbolismo decadentista" (Manuel Pinheiro Chagas chamava-lhe"lamúria babosa"), fora próximo das hostes republicanas e seria Sampaio Bruno a editar os seus versos póstumos. Poeta d'o coração desfeito em tiras, é autor do livro de poemas"Só" -"o mais falado e o mais procurado dos livros" na sua época -"A Torre de Anto", e"Primeiros Versos". `Despedidas´, edição póstuma, de 1902, compreende os versos escritos de 1893 a 1899, ano que precedeu imediatamente o da morte do poeta. Morreu tuberculoso a 18 de Março de 1900, com 33 anos.

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 396 4156
fms@fmsoares.pt | arquivo@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt