voltar ao início
Arquivo & Biblioteca

Biografias



Alfredo da Silva (1871-1942)

123


Nasceu em Lisboa a 30 de Junho de 1871. Conclui, com 21 anos, o curso no Instituto Industrial e Comercial de Lisboa já com o propósito de gerir os interesses accionistas herdados de seu pai. Logo que terminou os estudos, ingressou na Comissão Liquidatária do Banco Lusitano. Foi apoiante de João Franco, director da Companhia Carris e administrador da Companhia Aliança Fabril, que será, mais tarde fundida com Companhia União Fabril (nascida em 1865). Surge assim a C.U.F., que inicialmente fabrica sabões, velas de iluminação e óleos vegetais e que, meio século depois, alargará as suas actividades à construção naval, aos adubos, às fibras texteis, aos ácidos e químicos industriais e aos óleos alimentares. Em 1907 comprou à família Bensaúde um extenso lote de terreno, situado entre a Praia Norte do Barreiro e a Praia dos Moinhos no Lavradio, aí construindo as fábricas da CUF no Barreiro, que chegaram a empregar mais de 8000 operários. Alfredo da Silva criou uma nova imagem do industrial, que fixava os seus trabalhadores nas imediatas cercanias das fábricas, aí implantando bairros operários, mercearias, padarias e posto médico. No Barreiro, prosseguindo a sua 'obra social', abre uma escola para ambos os sexos (1927), um refeitório (1942) e, a partir de 1949, lança uma colónia de férias. Foi alvo de atentados, o primeiro a 18 de Julho de 1919 e o outro em 21 de Outubro de 1921, na sequência da 'noite sangrenta' de 19 de Outubro do mesmo ano, em que foram assassinados o chefe do Governo, António Granjo, Machado de Castro, Carlos da Maia entre outros. Alfredo da Silva esteve também na origem da criação da Tabaqueira (1925), da Lisnave (1961) na margem sul do Tejo (inaugurada a 23 de Junho de 1967), criada a partir do controlo, em 1937, do Estaleiro da Rocha do Conde de Óbidos, e do Banco Totta. Foi procurador à Camara Corporativa do salazarismo. Morreu em Sintra a 22 de Agosto de 1942.

voltar



Fundação Mário Soares
Rua de S. Bento, 176 - 1200-821 Lisboa, Portugal
Telefones: (+ 351) 21 396 41 79 | (+ 351) 21 396 41 85 | Fax: (+ 351) 21 052 96 99
fms@fmsoares.pt | direccao.casa-museu@fmsoares.pt